Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Greve prejudica transporte de 50 mil em Campinas

Cerca de 50 mil pessoas que utilizam o transporte público ficaram prejudicadas nesta terça-feira, em Campinas, no interior de São Paulo, por conta da greve dos motoristas e cobradores de ônibus. Os funcionários da empresa VB, a maior do transporte público da cidade paralisaram as atividades, segundo informações da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec).

Agência Estado |

A paralisação foi decidida ontem à noite depois de uma assembléia do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Anexos de Campinas e Região. A categoria reivindica aumento de 10%, participação nos lucros e reajuste de 5% no valor do vale-refeição.

Para minimizar os problemas com a falta de transporte, a Emdec conseguiu na tarde de ontem uma liminar que obriga a manutenção de pelo menos um terço da frota das empresas em operação durante a paralisação, sob riscos de multa de R$ 10 mil em caso de descumprimento. De acordo com a Emdec, 101 veículos estão em operação, entre eles os ônibus da empresa, peruas escolares, além dos táxis, que conseguiram autorização para o transporte de lotação na área atingida. Será realizada hoje uma reunião entre o Sindicato da categoria e a das Empresas de transporte Coletivo de Campinas (Transurc).

Leia tudo sobre: campinas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG