Greve dos Correios já terminou em 21 dos 35 sindicatos

A greve dos funcionários dos Correios terminou em 21 dos 35 sindicatos da categoria em todo o País, segundo informações da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Destes, 16 votaram a favor da proposta da estatal, de reajuste salarial de 9%, válido por dois anos e pagamento de acréscimo de R$ 100 ao salário base, a partir de janeiro de 2010. Outros 5 sindicatos decidiram voltar ao trabalho, mas não aceitaram a proposta da empresa.

Agência Estado |

Ainda segundo a ECT, 13 sindicatos permaneciam em greve até o início da noite e o sindicato de Uberaba (MG) não chegou a aderir ao movimento. Para decretar o fim da paralisação em todo o País, segundo a ECT, é necessário que pelo menos 18 sindicatos aceitem a proposta da empresa.

Por causa da greve, 59,5 milhões de correspondências e 341,6 mil encomendas estão retidas nos centros de distribuição dos Correios. No caso do Distrito Federal, que encerrou hoje a greve, a estimativa é de sejam necessários 10 dias para colocar a entrega em dia.

Os sindicatos que já votaram a favor da proposta da ECT são: Acre, Bahia, Bauru (SP), Distrito Federal, Juiz de Fora (MG), Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pará, Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Santa Maria (RS), Santos, São José do Rio Preto (SP) e São Paulo. Os sindicatos de Tocantins, Santa Catarina, Alagoas, Mato Grosso e Paraíba não aceitaram a proposta dos Correios.

Leia mais sobre: Correios

    Leia tudo sobre: correiosgreve

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG