Greve dos Correios afeta entregas de remédios em SP

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo informou hoje (10) que os pacientes cadastrados no programa Remédio em Casa poderão retirar seus medicamentos na unidade de saúde em que eles se cadastraram. Será necessário apenas apresentar a cópia da última receita e o cartão SUS.

Agência Estado |

Com a greve dos Correios, a medida foi a saída encontrada pela pasta para manter o fornecimento de remédios de uso contínuo, como anti-hipertensivos e hipoglicemiantes orais. O programa, existente há três anos, prevê o envio dos remédios, em quantidade suficiente para 90 dias, para a casa do paciente por meio de via postal. Mais informações podem ser obtidas pela Central 156 ou no site da Prefeitura www.prefeitura.sp.gov.br.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG