Greve de motoristas deixa 80 mil a pé em Sorocaba-SP

Uma greve parcial de motoristas do sistema de transporte coletivo de Sorocaba, no interior de São Paulo, deixou hoje pelo menos 80 mil passageiros a pé. Os 156 ônibus da empresa Transportes Coletivos de Sorocaba (TCS) foram recolhidos às garagens em pleno horário de pico, quando milhares de trabalhadores voltavam para casa.

Agência Estado |

A maioria opera no atendimento a bairros da zona norte, a região mais prejudicada pela paralisação. Os funcionários acusam a TCS de atrasar salários, não pagar vales-refeição e de irregularidades no recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (TCS).

A empresa nega as irregularidades trabalhistas. A Empresa de Desenvolvimento Urbano e Social (Urbes - Trânsito e Transportes) notificou a TCS para explicar as razões da paralisação e resolver a questão. A outra empresa que opera no sistema, Sorocaba Transportes Urbanos (STU), colocou 50 ônibus para suprir os grevistas. O Sindicato dos Rodoviários alega que pediu a abertura de negociações, mas não foi atendido.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG