Greve de metroviários de Brasília chega ao 2º dia

Os trabalhadores metroviários do Distrito Federal entraram hoje no segundo dia de greve. Além dos funcionários operacionais, o movimento grevista conta com a adesão de parte dos empregados da área administrativa, o que fortalece a mobilização da categoria enquanto aguarda um posicionamento do metrô e do governo do DF para buscar uma solução para o impasse.

Agência Estado |

A decisão foi tomada em assembleia realizada na noite de ontem.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (Sindimetrô), a entidade não recebeu nenhuma notificação ao longo do dia, e apesar da veiculação na mídia sobre decisão judicial no sentido de determinar os percentuais de funcionamento, serão mantidos os 30% de trens e empregados exigidos por lei.

No último dia 15 a categoria já havia paralisado as atividades. As 23 estações de metrô do Distrito Federal ficaram fechadas, prejudicando cerca de 160 mil usuários. Uma nova assembleia para discutir o rumo da greve deve acontecer hoje à noite, na Praça do Relógio.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG