Grêmio não acredita que Mancini pense em revanche

Na luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o Grêmio vai reencontrar Vagner Mancini neste domingo. O treinador, agora, no Vitória, foi demitido do time gaúcho no início do ano, mesmo sem ter perdido nenhum jogo.

Agência Estado |

O técnico nunca escondeu sua revolta com a situação, mas o Grêmio não acredita em clima de revanche. No primeiro turno, em Porto Alegre, a equipe gaúcha venceu por 2 a 0.

"Ele vem fazendo o melhor ao longo de toda competição. O vitória faz boa campanha, mas não ambiciona titulo ou vaga na Libertadores. Não creio que o passado recente, até traumático, vai alterar sua conduta. Será um jogo importante como outros", afirmou André Krieger, assessor de futebol do Grêmio, em entrevista à Rádio Gaúcha.

O dirigente admitiu que vai ficar atento ao jogo do São Paulo contra o Vasco, domingo, no Estádio de São Januário. "É um jogo importante, definidor. Mais um desafio complicado, mas também ficaremos de olho no São Paulo, que também terá um duelo difícil no Rio. Ainda não vai ser agora que vai definir o campeonato porque os dois tem outros duelos duros. Mas é importante porque existe a possibilidade do Grêmio ultrapassar o São Paulo".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG