BRASÍLIA (Reuters) - A Polícia Militar do Distrito Federal (DF), com a ajuda do serviço de segurança do governo brasileiro, prendeu nesta quinta-feira manifestantes do Greenpeace que protestavam em frente ao Palácio do Itamaraty, onde está sendo realizada a cúpula do Ibas (Índia, Brasil e África do Sul) e do Bric (Brasil, Rússia, Índia e China). Militantes com fantasias de árvores e de barris de petróleo, painel solar e turbina eólica haviam rompido o isolamento do local para se aproximar do Itamaraty.

Segundo a assessoria de imprensa do Greenpeace, a manifestação teve como objetivo pedir aos líderes que estão reunidos no Itamaraty maior investimento no desenvolvimento de energias limpas.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.