Gravadora de Carla Bruni admite baixa venda do novo álbum da cantora

PARIS ¿ A gravadora Naïve, responsável pelo novo disco de Carla Bruni, Comme si de rien netait, admitiu hoje que o álbum vendeu apenas 80 mil cópias, e não 300 mil, como havia anunciado anteriormente.

Agência Ansa |

A polêmica surgiu quando o Sindicato Nacional de Edição Fonográfica da França (Snep), divulgou dados oficiais comprovando que o número de vendas do terceiro CD da primeira-dama francesa era de 80 mil desde que o disco foi lançado, no dia 11 de julho.

"É normal que nossos cálculos sejam diferentes dos números do Snep, pois fazemos as contas com base no número de cópias cedidas às lojas de disco, enquanto o sindicato toma por base as saídas de caixa, ou seja, os discos efetivamente comprados pelo público", defendeu Patrick Zelkin, diretor da Naïve.

"De qualquer forma, é muito cedo para fazer um balanço do êxito comercial do álbum", acrescentou Zelkin.

    Leia tudo sobre: carla bruni

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG