Governo vai liberar R$ 1 bi do Orçamento para emendas

O governo vai liberar R$ 1 bilhão para atender a emendas de parlamentares ao Orçamento de 2009. A medida foi acertada hoje numa reunião entre o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, e o ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro.

Agência Estado |

"Vai dar para conversar", disse Múcio, reconhecendo que, com o atual grau de insatisfação dos parlamentares, inclusive os da base governista, até o diálogo está sendo difícil.

Segundo o ministro, uma nova liberação de verbas deverá ser anunciada daqui a 30 dias, dependendo do desempenho na arrecadação federal no mês de julho. Os recursos serão distribuídos aos parlamentares conforme prioridades estabelecidas por eles mesmos e deverão atender a áreas como Cidades, Turismo e Esportes.

De acordo Múcio, a intenção é atender a cerca de 30% das emendas dos parlamentares nesta primeira metade do ano. Segundo cálculos do deputado Sandro Mabel (PR-GO), no ano passado, a liberação de emendas havia atingido 60% e, neste ano, ela não chega a 20%. Os projetos mais prejudicados pela retenção de verbas pelo Executivo são os de habitação e saneamento, que não fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG