Governo vai distribuir 1 milhão de camisinhas

Centros de assistência do Ministério de Desenvolvimento Social que atendem beneficiários do Bolsa-Família vão passar a distribuir material de prevenção contra DST-Aids, incluindo camisinhas. A ação, que começa em formato de campanha, será realizada numa primeira etapa apenas nas capitais. A expectativa é que, no futuro, a ação tenha alcance nacional.

Agência Estado |

A campanha tem como mote "Camisinha, um direito seu", com duas beneficiárias do Bolsa-Família como garotas-propaganda. Além disso, serão veiculados spots nas rádios do País. Para a campanha, a previsão é de distribuição de 1 milhão de camisinhas nos centros de referência em assistência social. Nesses locais são atendidas 1,2 milhão de mulheres em situação de pobreza ou extrema pobreza.

Em 1986, eram registrados 15 casos de aids em homens para cada caso em mulheres. A partir de 2002, essa proporção estabilizou-se em 15 casos em homens para cada 10 mulheres. Na faixa etária entre 13 e 19 anos, o número de casos de aids é maior entre as jovens do que entre o grupo masculino. Entre 2000 e junho de 2009, foram registrados 3.713 casos de aids entre meninas de 13 a 19 anos no País. No mesmo período, foram confirmadas 2.448 infecções entre meninos.

Leia mais sobre: camisinhas

    Leia tudo sobre: camisinha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG