Governo vai criar equipes para dar agilidade à captação de doadores

Para dar agilidade à captação de doadores, o governo vai criar cem equipes de Organizações de Procura de Órgãos. Formadas por médico, enfermeiro e auxiliar administrativo, elas terão uma área de cobertura predeterminada e vão estimular as equipes intra-hospitalares a identificar e buscar consentimento das famílias de prováveis doadores.

Agência Estado |

O governo vem elaborando a nova regulamentação de transplantes desde o ano passado. Concluiu-se que a captação de doadores é o principal gargalo que precisa ser desfeito para aumentar o número de transplantes no País. “Não adianta criar campanhas que sensibilizem a população a doar se a estrutura do sistema não garantir que esses órgãos possam ser retirados e colocados no receptor que aguarda ansiosamente”, disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG