Governo subsidia 60 mil tratores para elevar produção familiar

BRASÍLIA (Reuters) - O governo federal vai subsidiar a venda para pequenos produtores rurais de até 60 mil tratores, montante de veículos avaliado aproximadamente em 4 bilhões de reais, buscando elevar a produção da chamada agricultura familiar. Em um acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), também serão financiados a taxas muito abaixo do mercado 300 mil implementos e máquinas agrícolas.

Reuters |

Segundo o Ministério do Desenvolvimento Agrário, 1 milhão de produtores familiares poderão acessar o programa. O limite do crédito é de 100 mil reais por produtor, e o pagamento dos financiamentos poderá ser feito em até 10 anos, com carência de três anos e juros de 2 por cento ao ano.

Com o plano, a agricultura familiar poderia colaborar para aquecer ainda mais o mercado de máquinas agrícolas.

Antes do anúncio do acordo, a previsão era de que as vendas do setor cresceriam 15 por cento neste ano, em relação a 2007, quando foram comercializadas 38 mil unidades.

Pelo programa, o convênio garantirá descontos de 11 por cento a 17,5 por cento nos preços dessas máquinas, e o governo oferecerá financiamentos de 25 bilhões de reais até 2010 para facilitar as aquisições.

Na safra 2008/09, o volume de crédito oferecido para a compra de máquinas e tratores será de 6 bilhões de reais.

'Esse programa vai propiciar um salto de produtividade', garantiu o ministro de Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, em discurso durante a cerimônia do Plano Safra Mais Alimentos, voltado à agricultura familiar.

O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura familiar (Pronaf) também colocará à disposição do segmento 13 bilhões de reais na safra 08/09, 1 bilhão a mais do que o oferecido na temporada anterior.

O anúncio para os financiamentos à agricultura familiar foi feito um dia depois de o governo lançar o Plano Safra, voltado para a chamada agricultura comercial.[ID:nN02359467]

A meta do governo é ampliar em 18 milhões de toneladas por ano a produção total da agricultura familiar, o que corresponderia a 2,5 meses do consumo de alimentos no Brasil.

Atualmente, a produção nacional desse segmento de leite, milho, suínos, arroz, mandioca, trigo, aves, café, frutas, feijão, cebola e soja totaliza 110,1 milhões de toneladas.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG