Governo reajusta benefícios do programa Bolsa Família em cerca de 10%

BRASÍLIA - O governo reajustou os benefícios do programa Bolsa Família. De acordo com decreto publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial da União, o benefício básico foi corrigido em 9,68%, passando de R$ 62 para R$ 68.

Redação com agências |

EFE
Benefício atende a famílias em situação de pobreza
O benefício variável ¿ pago de acordo com o número de crianças ¿ passa de R$ 20 para R$ 22. O benefício vinculado aos adolescentes, que era de R$ 30, passa para R$ 33 por adolescente, até o limite de R$ 66 por família.

A partir do dia 1º de setembro, 11 milhões de famílias atendidas pelo programa poderão sacar os valores já alterados. O reajuste corresponde ao aumento de preço dos alimentos que ocorreu nos últimos meses e foi feito com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor.

O Decreto 6.917 publicado nesta sexta revoga os decretos 6.491, de junho de 2008, e 6.824, de abril deste ano, e passa a vigorar a partir desta sexta (31).

O Bolsa Família atende às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza, caracterizadas pela renda familiar mensal per capita entre R$ 70 e R$ 140,00. Os valores anteriores variavam entre R$ 60 e R$ 120, respectivamente.

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, informou nesta quinta que o governo terá de encaminhar ao Congresso Nacional um projeto de lei solicitando uma suplementação orçamentária para pagar o Bolsa Família este ano. Segundo ele, no início de 2009 houve uma autorização para que se aumentasse o valor máximo de renda da família com direito ao benefício, o que elevou o número de beneficiários.

(*Com informações das agências Estado e Brasil)

Leia também:

Leia mais sobre: Bolsa Família

    Leia tudo sobre: bolsa famíliagovernolula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG