Governo prepara novo programa voltado para jovens

Depois do fracasso do programa Primeiro Emprego, o governo federal fará uma nova tentativa para atender os jovens de baixa renda da periferia e evitar seu envolvimento com o crime organizado. A idéia agora é apostar no Praça da Juventude, programa conduzido pelo Ministério do Esporte.

Agência Estado |

Serão instalados minicomplexos esportivos em áreas metropolitanas consideradas críticas em termos de violência.

Cada unidade do Praça da Juventude custará cerca de R$ 1,5 milhão e terá ginásio poliesportivo, rampa de skate, pista para caminhadas, entre outros atrativos, num espaço de 8 mil metros quadrados. A previsão é inaugurar 19 unidades no início de 2009 - falta apenas a definição exata dos locais.

Já existe a decisão política do governo federal de inaugurar as primeiras cinco praças no Rio de Janeiro, Estado onde é grande o envolvimento de jovens com o crime organizado. Dois desses locais já estão definidos: Complexo do Alemão e Cidade de Deus. Essa opção representa também um movimento político do governo federal. O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), é hoje um dos principais aliados do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e tem como principal cobrança da opinião pública o combate à violência local.

O programa prevê a instalação das praças em outras periferias de capitais brasileiras, como São Paulo. O ministro do Esporte, Orlando Silva, disse ontem em Brasília que conversou com o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), nesta semana para discutir o local. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG