Governo prepara agenda cheia para Serra até fim do mês

O governo paulista prepara uma agenda carregada para as duas últimas semanas de gestão do governador José Serra (PSDB), que deverá se desincompatibilizar do cargo até o dia 3 de abril para disputar a Presidência da República como candidato da oposição. Até o final do mês, o tucano estará presente em inaugurações de obras de infraestrutura, projetos sociais e até anunciará ações de governo que serão concluídas pela próxima administração.

Agência Estado |

Os compromissos, sempre acompanhados por equipes de TV - inclusive contratadas pelo PSDB, que colhem material para o programa na televisão da legenda -, estão sendo escolhidos a dedo pelo comitê de agenda do governador, que é quem dá a palavra final sobre sua participação.

Esse comitê, presidido pelo secretário-chefe da Casa Civil, Aloysio Nunes Ferreira, reúne-se todas as segundas-feiras para definir as prioridades da semana e segue a orientação da secretária particular do governador, Ieda Areias, que compila as sugestões de todas as secretarias.

Nos últimos dias, as agendas, que já eram divulgadas algumas horas antes dos eventos, por e-mail, passaram a ser fornecidas apenas por telefone - a ideia é evitar que haja tempo para mobilizações e protestos, como o dos professores em Francisco Morato, na semana passada.

Consta da previsão para essas últimas semanas a entrega de uma das principais obras de infraestrutura do governo estadual, a Nova Marginal. Também estão no cardápio de entregas o Trecho Sul do Rodoanel, o Complexo Anhanguera e o Parque Jacuí, na capital paulista. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: eleiçãoserra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG