Governo não vai interferir na votação da CSS, diz Lula

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou hoje que o governo não irá interferir na votação da Contribuição Social para a Saúde (CSS) no Senado. O governo não vai se articular, não vai se meter.

Agência Estado |

É um problema do Congresso Nacional e sobretudo um problema da bancada da saúde", disse ele, em rápida entrevista no Palácio do Planalto após a solenidade de assinatura do decreto regulamentando a Convenção 182 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que restringe o trabalho infantil.

O presidente da República afirmou que o governo não interferiu na votação de ontem da Câmara dos Deputados, quando a CSS foi aprovada. "Os companheiros deputados e senadores ligados à área da saúde ganharam. Criaram essa CSS e agora vamos aguardar o resultado", disse. Ele evitou comentar o placar apertado da votação na Câmara, de apenas dois votos. "A CSS é uma criação do Congresso. Eu nem sei quantos deputados havia no plenário", afirmou Lula.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG