Governo libera R$ 162 milhões para ações emergenciais no Rio Grande do Sul

BRASÍLIA - O governo anunciou neste sábado a liberação de recursos emergenciais para atender as regiões atingidas por temporais no Rio Grande do Sul. Segundo o Ministério das Cidades, foram liberados R$ 100 milhões para ações de defesa civil, R$ 50 milhões para a saúde e R$ 12 milhões para a educação.

Agência Brasil |

O anúncio foi feito depois de vista ao estado dos ministros da Casa Civil, Dilma Rousseff, das Cidades, Marcio Fortes, da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, e do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel. Eles sobrevoaram as cidades atingidas pelos temporais. O percurso incluiu as cidades de São Jerônimo, Triunfo, Charqueadas, General Câmara e Canoas.

De acordo com o Ministério das Cidades, as ações na área de habitação e saneamento só podem ser realizadas depois que as águas baixarem. Somente quando isso ocorrer será possível levantar as necessidades de intervenção. De acordo com o ministério, neste ano, municípios do Rio Grande do Sul foram selecionados para receber R$ 395 milhões em obras de drenagem e o Programa de Aceleração de Crescimento de Saneamento no estado aprovou projetos de R$ 2,085 bilhões para a o período de 2007 a 2010.

A comitiva de ministros também participou de reunião com a governadora Yeda Crusius e integrantes da Defesa Civil do estado, que fizeram um balanço dos estragos causados pela chuva. De acordo com informações divulgadas pelo Ministério das Cidades, cinco mil pessoas estão desabrigadas e mais de 16 mil desalojadas. O volume de chuva ultrapassou 600 mm no mês de novembro, o que representa quase seis vezes a média mensal, de 112 mm. No total, 81 municípios decretaram situação de emergência.

Segundo o Ministério das Cidades, o estado receberá 46 toneladas de alimentos, além de 2 mil kits dormitórios, com lençol e colchões, e 30 kits de medicamentos e vacinas para atender 15 mil pessoas, durante 90 dias.

Leia mais sobre chuvas

    Leia tudo sobre: chuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG