valorização dos conselhos - Brasil - iG" /

Governo Kassab defende valorização dos conselhos

Procurada desde o dia 16 de janeiro para confirmar as informações dos conselhos das empresas municipais, a assessoria do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), não quis informar quem são os atuais conselheiros e nem confirmou os nomes e valores da lista levantada com funcionários das empresas. Por meio da assessoria, a Prefeitura afirmou que “não há fato novo” nas alterações feitas nos conselhos pela gestão anterior, de José Serra/Kassab.

Agência Estado |

Disse que as medidas foram adotadas para “valorizar o papel dos conselhos e a própria qualificação dos conselheiros”.

Segundo o governo, o objetivo da elevação do jeton mensal para R$ 6 mil foi “tornar honorários compatíveis com a qualidade profissional dos conselheiros”. “Em vez de reuniões meramente formais, os conselhos passaram a atuar como instâncias de reforço às diretrizes da administração nas empresas municipais”, informa nota do governo.

Ainda de acordo com a assessoria, a nomeação de secretários para os conselhos proporciona “sinergia” entre as empresas e “as pastas às quais estão relacionadas”, pois eles são “especialistas com experiência profissional comprovada”. “O conselheiro é um membro atuante na empresa e responde por seu trabalho perante a administração e a lei”, diz a nota. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG