Governo italiano libera gravação de novela da Record

O governo italiano quase pôs água no vinho da Record. Dirigentes locais ficaram receosos em liberar as gravações da próxima novela da rede brasileira, Vendetta (título provisório, que significa vingança), em Palermo, na Sicília, Itália.

Agência Estado |

"Houve um pouco de dificuldade no início, já que Vendetta fala da máfia italiana, mas depois que eles leram a sinopse, nos liberaram", conta o diretor da novela, Ignácio Coqueiro.

Com estréia prevista para março de 2009, no lugar de Chamas da Vida , a trama de Lauro César Muniz terá seus três primeiros capítulos gravados na Itália. "Filmaremos em Palermo, em Castellammare e em vários outros pequenos lugares à beira-mar. Depois, a trama será filmada em São Paulo e no Rio", fala Coqueiro.

Durante a pesquisa de locação, a equipe da Record teve apoio da prefeitura de Palermo, que ajudará também em novembro, durante as gravações, com infra-estrutura e policiamento. Além de contar com apoio local, a produção alugará equipamentos de filmagem em Roma para efeitos especiais e contratará a equipe de dublês italianos do filme Cassino Royale , de James Bond. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG