Cronologia da greve da Polícia Civil de São Paulo http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/20/apos_confronto_serra_faz_nova_proposta_a_policiais_civis_2058031.html target=_topApós confronto, Serra faz nova proposta a policiais civis http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/20/policiais_civis_se_reunem_para_discutir_os_rumos_da_greve_2056733.html target=_topPoliciais civis de São Paulo marcam manifestações " / Cronologia da greve da Polícia Civil de São Paulo http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/20/apos_confronto_serra_faz_nova_proposta_a_policiais_civis_2058031.html target=_topApós confronto, Serra faz nova proposta a policiais civis http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/20/policiais_civis_se_reunem_para_discutir_os_rumos_da_greve_2056733.html target=_topPoliciais civis de São Paulo marcam manifestações " /

Governo federal não irá intervir pelo fim da greve da Polícia Civil de São Paulo, diz Tarso

O ministro da Justiça, Tarso Genro, disse nesta terça-feira, após receber seis líderes sindicais em uma reunião, em Brasília, que o ministério não poderá interferir nas negociações entre a Polícia Civil e o governo de São Paulo. http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/17/cronologia_da_paralisacao_da_policia_civil_de_sao_paulo_2053555.html target=_topCronologia da greve da Polícia Civil de São Paulo http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/20/apos_confronto_serra_faz_nova_proposta_a_policiais_civis_2058031.html target=_topApós confronto, Serra faz nova proposta a policiais civis http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2008/10/20/policiais_civis_se_reunem_para_discutir_os_rumos_da_greve_2056733.html target=_topPoliciais civis de São Paulo marcam manifestações

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Acordo Ortográfico

Tarso explicou aos sindicalistas que o Ministério da Justiça só pode interferir no que diz respeito ao sistema nacional como um todo, e não só da polícia de São Paulo. Segundo o ministro, uma mediação só seria feita se fosse a pedido do governador do Estado, José Serra (PSDB). 

Os policiais civis estão em greve há pouco mais de um mês em favor de reajuste do piso salarial, hoje fixado em R$ 2,3 mil. A proposta é de aumento em três parcelas: 15% retroativo a março deste ano, 12% em 2009 e outros 12% em 2010. Em contrapartida, o governo de São Paulo oferece 6,5% no próximo ano e mais 6,5% em 2010.

Ficou acertado entre Tarso Genro e os líderes sindicais a formação de uma mesa de trabalho com representantes dos sindicatos policiais com técnicos dos ministérios para discutir os projetos de Lei Orgânica da Polícia Civil e de aposentadoria especial da classe, ambos à espera de votação no Congresso Nacional. 

Troca de acusações

AE
Confronto entre policiais na semana passada
Confronto entre policiais na semana passada
Antes de entrar na reunião com o ministro Tarso Genro, o deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, acusou José Serra de ordenar o confronto entre policiais militares e civis na última quinta-feira.

Pereira apresentou a jornalistas cápsulas de balas de borracha e projétil de calibre 40 para mostrar que não foram usadas apenas armas de efeito moral no confronto entre as polícias paulistas.

Após a manifestação, que deixou 24 pessoas feridas, o governador acusou a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Força Sincial de politizarem o movimento grevista dos policiais militares para influenciar a disputa eleitoral na capital paulista onde o atual prefeito Gilberto Kassab (DEM) disputa a prefeitura com a petista Marta Suplicy.

Leia também:

Leia mais sobre greve da Polícia Civil

    Leia tudo sobre: greve da polícia civil

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG