Governo fala dos desafios e dificuldades no G-20

O Assessor Especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, ao falar sobre desafios enfrentados pelo G-20 para lidar com a crise internacional, reconheceu as dificuldades para ajustes nos estímulos fiscais entre todas as nações do grupo que reúne países industrializados e em desenvolvimento. O grande problema que vamos enfrentar é como vai ser coordenada a ação no interior de cada um dos países com aquela que tem que ser tomada globalmente, disse.

Agência Estado |

O assessor, que está em Nova York para seminário em que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai discursar amanhã, estimou que a agenda do G-20 "está mais ou menos desenhada" e citou como temas principais "regulamentação, combate a paraísos fiscais", além do estímulo fiscal coordenado.

Ao sair do hotel em que esta hospedado com a delegação brasileira em Manhattan, Garcia classificou o balanço da reunião do G-20 em nível ministerial no Reino Unido, que ocorreu neste final de semana, como "muito preliminar". "Ainda tem alguns dias (até o encontro de cúpula, marcado para o próximo mês) e esperamos que venha avançar".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG