Governo editará MP que libera R$ 372 mi para Santa Catarina

BRASÍLIA - O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou nesta terça-feira, em reunião com o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique (PMDB), que editará nos próximos dias uma medida provisória (MP) liberando R$ 372 milhões para ser usado na recuperação do Estado, devastado pelas enchentes que ocorreram na região nas últimas semanas.

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Segundo o governador, esse dinheiro faz parte de títulos federalizados do Instituto de Previdência do Estado, que seriam pagos apenas em 2018. O dinheiro será pago em quatro parcelas, sendo a primeira este mês e as demais de janeiro a março. Esse dinheiro fará frente para o Estado arcar com os prejuízos. Fecharemos o ano com perdas de 10% e 15% na arrecadação.

A senadora Ideli Salvatti (PT-SC), que também participou da reunião com o ministro Mantega, disse que esta foi uma forma que o governo encontrou para colocar recursos imediatos no caixa do Estado.

O governador Luiz Henrique chamou atenção para o fato de que os prejuízos causados pela chuva ainda são incalculáveis. Para se ter uma idéia, só amanha que a Petrobras voltará a fornecer gás a sessenta indústrias de Santa Catarina que está cortado desde o dia 22 de novembro", observou.

Ainda segundo Henrique, o Porto de Itajaí, o primeiro em volume de importação de carne frigorificada, ficará um bom tempo sem atuar. A Secretaria Especial dos Portos (SEP) já investiu R$ 350 milhões na reconstrução do porto, parcialmente destruído há duas semanas. A região portuária de Itajaí emprega 50 mil trabalhadores, segundo informação do ministro da Pesca, Altemir Gregolin.

Lula visitará SC

O presidente Lula deverá visitar Santa Catarina nesta sexta-feira. De acordo com o governador do Estado, ele tratará, durante o encontro, da moratória do pagamento da dívida do Estado com a União.

Segundo a senadora Ideli Salvatti, a expectativa é de que o governo anuncie, ainda, novas medidas tratando da prorrogação do pagamento de impostos do Estado e ainda a oferta de linhas de crédito especiais pelos atingidos pelas catástrofes naturais.

O ministro Mantega deixou bem claro que fará tudo o que for possível para que o setor empresarial de Santa Catarina, assolado por esta catástrofe, tenha um tratamento privilegiado, disse Henrique.

Veja também:

Leia mais sobre: Santa Catarina

    Leia tudo sobre: santa catarina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG