Governo e profissionais de moda franceses firmam compromisso contra anorexia

A ministra francesa da Saúde, Roselyne Bachelot, e as organizações dos profissionais de moda, publicidade e meios de comunicação assinaram na quarta-feira uma carta de compromisso voluntário sobre a imagem do corpo e contra a anorexia.

AFP |

O texto faz parte de um conjunto de medidas para a luta contra a doença e não tem caráter obrigatório, representando um "compromisso compartilhado" por todas as partes para a realização de "ações positivas" coletivas de sensibilização e informação.

A carta foi elaborada pelo grupo de trabalho "Anorexia e Imagem do Corpo" constituído em janeiro de 2007 com o apoio do Ministério da Saúde após uma polêmica sobre a magreza excessiva das modelos que desfilam nas passarelas de Paris.

Esse grupo é copresidido pelo psiquiatra infantil Marcel Rufo e pelo sociólogo Jean-Pierre Poulain e é composto por profissionais de moda, publicidade e meios de comunicação, assim como por representantes de associações de consumidores e cientistas.

A carta foi assinada, até o momento, pelo Escritório de Controle da Publicidade, pela Federação Francesa de Pret-a-porter Feminina, pela União de Anunciantes, pela Federação Francesa da Moda, pelo Sindicato de Agências de Modelos, pela União Nacional de Agências de Modelos e pela União Francesa da Indústria do Vestuário.

A anorexia afeta entre 30.000 e 40.000 pessoas na França, de acordo com dados do Ministério da Saúde.

sd/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG