Governo do RJ proíbe celulares e mp3 em escolas públicas

RIO DE JANEIRO - O Governo do Rio de Janeiro proibiu hoje o uso de celulares, reprodutores de música, câmeras fotográficas e outros aparelhos tecnológicos nas salas de aula das escolas públicas.

EFE |

Também foram proibidos os videogames portáteis, as agendas eletrônicas, os fones de ouvido normais e os equipados com conexão por bluetooth, segundo o decreto publicado hoje no Diário Oficial do estado.

A medida deve se estender às bibliotecas e outros locais da rede pública administrada pelo Governo estadual.

A única ressalva à norma será se o estabelecimento de ensino autorizar o uso dos aparelhos eletrônicos rigorosamente com fins pedagógicos.

No decreto assinado pelo governador Sérgio Cabral não se esclarece se os alunos e professores serão obrigados a desligar os aparelhos ou se não poderão sequer entrar com eles em sala de aula.

EFE mp/db

    Leia tudo sobre: rio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG