Governo do Rio inaugura UPA na Tijuca

RIO DE JANEIRO ¿ O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e o secretário de Estado de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, inauguraram nesta quarta-feira a Unidade de Pronto-Atendimento 24 horas (UPA) da Tijuca, zona Norte do Rio, a sétima do estado. A previsão é de que entre 500 e 600 pessoas procurem a unidade por dia.

Redação |

A nova UPA tem dois consultórios de pediatria, três clínicas médicas, um centro de odontologia e outro de ortopedia, além de laboratório para a realização de exames e salas de raios-X, gesso, sutura, medicação e nebulização. Na sala de observação de adultos, há dez leitos, onde pacientes podem ficar internados por até 48 horas. A de crianças conta com três leitos.

A unidade possui dois veículos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para fazer transferência de pacientes em estado grave para um hospital. A UPA da Tijuca começou a ser montada no dia oito de abril. O investimento total é de R$ 1,2 milhão, e o custeio chega a R$ 500 mil por mês.

O Governo do Rio conta com sete UPAs, que, somadas, já atenderam a 367.565 pacientes. A primeira unidade foi inaugurada em maio do ano passado no Complexo da Maré.

- Nossa previsão é completar 20 UPAs este ano, realizando cerca de dez mil atendimentos por dia nessas unidades. Até agora, foram quase 370 mil atendimentos. Esses pacientes ou aguardavam atendimento nas emergências dos hospitais ou adoeciam em casa. Nosso cronograma prevê a implantação de mais unidades na zona Oeste e na Baixada Fluminense ¿ disse o secretário de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio, Sérgio Côrtes.

Leia mais sobre: Unidade de Pronto-Atendimento

    Leia tudo sobre: riosaúdeupa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG