Governo do Rio de Janeiro constrói muros para conter favelas

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O governo do Rio de Janeiro está construindo muros de concreto para prevenir a expansão de favelas na cidade, disse uma autoridade neste sábado. A construção começou em duas favelas na região sul do Rio de Janeiro, informou uma porta-voz do governo à Reuters. Uma delas é o Morro Dona Marta, que a polícia ocupou em novembro para controlar o crime e violência.

Reuters |

Autoridades disseram que o muro é para proteger a floresta nativa restante. No entanto, críticos temem que a medida possa ser considerada como discriminatória e se torne símbolo da divisão de classes no país.

"Não há discriminação. Pelo contrário, nós estamos construindo casas para eles em todos os lugares e melhorando suas vidas", disse Tania Lazzoli, porta-voz da secretaria de obras públicas do governo, à Reuters.

Até o final do ano, o governo do Rio de Janeiro quer construir quase 11 quilômetros de muro para conter 19 comunidades. O investimento será de 40 milhões de reais e cerca de 550 casas tiveram de ser realocadas, disse Lazzoli.

"O objetivo é conter a expansão das comunidades e proteger a floresta", disse ela. "Há muitas casas e áreas de risco elevado".

Durante a temporada de chuvas, muitas casas construídas em desfiladeiros ou ladeiras são arrasadas por enchentes ou deslizamentos.

(Reportagem de Raymond Colitt)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG