Governo do Rio constrói muros para conter favelas; mande sua videomensagem

RIO DE JANEIRO - O governo do Rio de Janeiro está construindo muros de concreto para prevenir a expansão de favelas na cidade. Você pode mandar a sua opinião sobre a medida por uma videomensagem aqui no iG.

Redação |

Segundo a secretaria de obras públicas, até o final do ano, o governo do Rio de Janeiro quer construir quase 11 quilômetros de muro para conter 19 comunidades. O investimento será de R$ 40 milhões e cerca de 550 casas tiveram de ser realocadas.

Autoridades disseram que o muro é para proteger a floresta nativa restante. No entanto, críticos temem que a medida possa ser considerada como discriminatória e se torne símbolo da divisão de classes no País.

AP
Operário na construção dos muros no Rio de Janeiro
"Não há discriminação. Pelo contrário, nós estamos construindo casas para eles em todos os lugares e melhorando suas vidas", disse Tania Lazzoli, porta-voz da secretaria de obras públicas do governo.

Para enviar seu vídeo, você nem precisa ter uma câmera: com a nova ferramenta do iG, basta a webcam do seu computador para que você mande seu recado. Dê sua opinião sobre a construção dos muros no Rio de Janeiro.

Opiniões divididas

A construção de muros ao redor de favelas divide a opinião dos moradores. Segundo pesquisa realizada pelo Datafolha nos dias 8 e 9 de abril, 47% são a favor e 44% são contra a medida.

Como a margem de erro do levantamento é de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos, ocorre empate entre o percentual dos que são favoráveis e a taxa dos que rejeitam os muros. Se dizem indiferentes 6% e não sabem opinar a respeito 3%.

A pesquisa mostra opiniões divergentes entre mais ricos e mais pobres: quanto menor a renda e a escolaridade do entrevistado, maior a aprovação à construção de muros no entorno das favelas. Entre os que têm renda familiar mensal até dois salários mínimos, por exemplo, 51% são a favor da medida, ante 39% que a rejeitam.

No outro extremo da segmentação por renda, no estrato com rendimentos acima de dez salários mínimos, 50% desaprovam os muros, e 45% se posicionam a favor.

Leia mais sobre: favelas

    Leia tudo sobre: favela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG