Governo do PR pede caminhões para levar doações a SC

O grande número de doações de alimentos, vestuários, colchões e produtos de higiene e limpeza para ajudar as vítimas das chuvas em Santa Catarina levou hoje o governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), a fazer um apelo para que empresários do setor de transportes cedam caminhões para fazer o transporte para o Estado vizinho. Nós precisamos de mais caminhões, disse o governador.

Agência Estado |

Durante a tarde de hoje, um comboio de 14 veículos deixou a capital paranaense com 300 toneladas de produtos.

Requião acompanhou o trabalho de bombeiros e voluntários que arrecadam os donativos no quartel do Corpo de Bombeiros, em Curitiba. No Estado foram organizados vários postos de coletas em órgãos estatais, sobretudo nos quartéis dos bombeiros e em postos policiais, além de empresas que se mobilizaram para ajudar na arrecadação.

Segundo a Defesa Civil catarinense, as chuvas já deixaram 99 vítimas fatais e 19 desaparecidos entre as cerca de 1,5 milhão de pessoas atingidas pelas cheias. São 78.708 desalojados - os que podem contar com ajuda de vizinhos e familiares - e desabrigados - pessoas que perderam tudo e precisam dos abrigos públicos. Trinta e três mil imóveis continuam sem energia, segundo a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

Na região de Blumenau, uma das mais afetadas e com 27 mil imóveis sem luz, a distribuidora trabalha para recuperar o sistema de alta tensão atingido pelas enchentes e deslizamentos e normalizar 95% da rede até domingo, se não houver novas chuvas. Funcionários da Celesc também trabalham nos municípios de Luis Alves e Brusque, que estão com 15% da área sem eletricidade.

Segundo a empresa, na região de Itajaí, Ilhota e Camboriú chega a 3,6 mil o total de imóveis às escuras. A Celesc alerta os moradores das áreas afetadas a manter distância das fiações danificadas, deixar os equipamentos elétricos que estejam sob água desligados e, se houver infiltração de água nas instalações, desligar todos os disjuntores.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG