Governo do MA envia PM para local de confronto com índios

Ao menos quatro índios da etnia Guajajara e um delegado foram baleados em rodovia federal no domingo

iG São Paulo |

A Secretaria da Segurança Pública do Maranhão enviou policiais militares para a região de Barra do Corda onde houve troca de tiros entre indígenas e um delegado. Ao menos quatro índios e o delegado foram baleados em rodovia federal no domingo.

Segundo nota divulgada no site da secretaria, o delegado da Polícia Civil Edmar Gomes Cavalcanti foi bloqueado por um grupo de índios Guajajara que estava fazendo pedágio na rodovia BR-226, próximo ao município de Barra do Corda. O grupo fazia protesto por repasse de verbas para educação às aldeias da etnia.

Ainda de acordo com a nota, os índios estavam armados com facões e espingardas. Houve troca de tiros e o delegado foi atingido nas pernas, no braço e no tórax. Ele também teve um dos dedos da mão decepado pelos índios. Ao menos quatro índios da aldeia Canabrava foram baleados no confronto. Inicialmente, o delegado e os índios foram levados para um hospital de Presidente Dutra. Depois, por causa da gravidade dos ferimentos, o delegado Cavalcanti foi transferido para hospital no município de Imperatriz.

De acordo com informações do site do governo do Maranhão, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) liberou de recursos no valor de R$ 3,5 milhões "para solucionar os problemas pontuais de educação da etnia Guajajara da terra indígena Cana Brava, localizada entre os municípios de Grajaú e Barra do Corda, distante 456 km de São Luís".

    Leia tudo sobre: índiosmaranhão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG