Governo descarta atender projetos que pedem aumento para aposentados

BRASÍLIA ¿ O ministro de Relações Institucionais, José Múcio Monteiro, descartou nesta quarta-feira a possibilidade de o governo atender os projetos que pedem aumento de salários para aposentados e pensionistas, como defende o senador Paulo Paim (PT-RS), que possui três projetos nesta área.

Carollina Andrade - Último Segundo/Santafé Idéias |

Na vida a gente precisa discernir bastante entre o que nós desejamos e o que nós podemos fazer. O que nós achamos que precisamos e os limites da nossa potencialidade. Eu entendo a luta do senador Paim, mas tem determinadas idéias, determinados projetos que o Governo não vai poder simplesmente aceitar. A base vai se manifestar, vai trabalhar, mas nós não vamos prometer o que não vamos fazer. A base vai se mobilizar pra poder fazer somente o que o País pode fazer, disse Múcio.

Ontem, os senadores Paulo Paim (PT-RS), Mão Santa (PMDB-PI), Papaléo Paes (PSDB-AP) e Mário Couto (PSDB-PA), fizeram uma vigília das 18h até às 6h de hoje para sensibilizar a Câmara a deliberar ainda neste ano sobre os projetos dos aposentados.

Os três projetos de autoria de Paim preveêm benefícios a aposentados e pensionistas. Um deles prevê o fim do fator previdenciário e está pronto para o plenário da Câmara. Outro, o qual equipara o valor de algumas aposentadorias ao salário mínimo, foi aprovado Senado e agora tramita na Comissão de Seguridade Social e Família Câmara. 

Por fim, um terceiro projeto atualiza os benefícios de aposentados que ganham mais de um salário mínimo e deve ser encaminhado à Câmara dos Deputados nos próximos dias, uma vez que já foi aprovado pela Comissão de Assuntos Sociais do Senado em caráter terminativo.

(*com informações de Carol Pires, da Santafé Idéias)

    Leia tudo sobre: aumento servidores

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG