Governo de SP reitera que explicará ao MP livro polêmico

A Secretaria de Educação do Estado de São Paulo informou por meio de nota, reiterando a informação que havia dado ontem ao jornal O Estado de S.Paulo , que vai prestar todas as informações solicitadas pelo Ministério Público sobre a investigação do polêmico livro de quadrinhos Dez na área, um na banheira e ninguém no gol , “pois é a principal interessada no esclarecimento dos fatos e na punição dos responsáveis”.

Agência Estado |

A pasta reafirmou que a escolha do livro foi “inteiramente inadequada para alunos da rede pública”. Disse ainda que foi determinado o recolhimento dos exemplares, que já tinham chegado a algumas escolas, mas não foram entregues às crianças.

“A Secretaria da Educação considera a compra da publicação citada um erro grave e adotará as punições adequadas ao final da sindicância. É importante esclarecer que o livro citado é apenas um dos 818 títulos, comprados de 80 editoras”, afirma a nota. A pasta destaca ainda que o programa Ler e Escrever, uma das bandeiras do governador José Serra (PSDB), desde quando era prefeito da capital, é responsável pelo avanço na educação das crianças, com o índice de alfabetização aos oito anos de idade passando de 87,4% para 90,2% entre 2007 e 2008.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG