Governo de SP proíbe venda de narguilé a menores

O governo estadual proibiu ontem a venda do narguilé - cachimbo d’água em que o tabaco é misturado a essências aromáticas, originário da Ásia - para menores de 18 anos. A fiscalização, segundo a Secretaria da Justiça, fica a cargo do Procon e da Vigilância Sanitária.

Agência Estado |

A nova lei, publicada ontem no Diário Oficial do Estado, servirá para “assegurar proteção a crianças e adolescentes em relação a produtos fumígenos”, assinalou o governador José Serra (PSDB) ao aprovar o projeto. Quem desrespeitar a lei estará sujeito a penas como apreensão e inutilização do produto, suspensão temporária ou até cassação da licença de atividade.

De acordo com estudo da Universidade de Brasília (UnB), uma única sessão de narguilé equivale a fumar 100 cigarros. A quantidade de fumaça e substâncias tóxicas inaladas nos dois casos é a mesma. O cachimbo d’água tem concentrações de nicotina que giram em torno de 4% enquanto o cigarro tem em média 2% da substância. Em São Paulo, a estimativa é a de que 20% dos usuários sejam menores de idade. As informações são do Jornal da Tarde.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG