A Secretaria da Saúde avalia que afluência de pessoas com mais de 60 anos nos postos de saúde e em hospitais para tomar a vacina contra a gripe é boa em São Paulo. O objetivo, segundo a Secretaria, é de vacinar pelo menos 3 milhões de pessoas com 60 anos ou mais.

O número corresponde à meta de 80% dos cerca de 3,7 milhões de idosos no Estado.

Durante a campanha, que começou hoje e vai até o dia 9 de maio, a população terá à disposição 3.354 postos fixos e 2.830 unidades volantes funcionando das 8 às 17 horas. A distribuição e a aplicação das doses envolverão 28 mil profissionais, 2,7 mil carros e sete barcos em todo o Estado. A campanha inclui também a vacinação dos idosos internados em cerca de 1.520 asilos e casas de repouso instalados no Estado.

No ano de 2007, 81,23% dos idosos foram imunizados em São Paulo, superando a expectativa de 70%. Naquela ocasião, apenas 36 municípios não atingiram a meta estabelecida pela Secretaria da Saúde.

Durante a campanha de vacinação, informa a Secretaria, que além do antídoto contra o vírus influenza, a Secretaria oferecerá a dupla adulto (contra tétano e difteria) e a que previne o pneumococo, bactéria causadora de pneumonias, otites, sinusites, faringites e os tipos de meningite.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.