TEGUCIGALPA (Reuters) - O presidente de facto de Honduras, Roberto Micheletti, pediu nesta segunda-feira que o Brasil entregue ao seu governo o presidente deposto, Manuel Zelaya, que se refugiou na embaixada brasileira na capital hondurenha, Tegucigalpa. Faço um pedido ao governo do Brasil para que respeite a ordem judicial ditada contra o senhor Zelaya entregando-o às autoridades competentes de Honduras, disse Micheletti em uma mensagem transmitida pela televisão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.