Governo dá R$ 1 milhão para Rainha plantar mamona

O governo federal destinou quase R$ 1 milhão para o grupo do líder José Rainha Júnior, dissidente do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), plantar mamona no Pontal do Paranapanema, extremo oeste de São Paulo. A verba, de R$ 973,60 mil, foi toda liberada.

Agência Estado |

A última parcela, no valor de R$ 351,20 mil, caiu na semana passada na conta da Federação das Associações de Agricultura Familiar do Oeste Paulista (Faafop), a organização não-governamental (ONG) criada por Rainha Júnior.

O convênio, assinado pela Faafop com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), destina-se a fomentar a produção de oleaginosas nos assentamentos do Estado, no âmbito do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB). O líder disse hoje que o dinheiro foi repassado aos 1,2 mil assentados que aderiram ao PNPB.

"Cada um plantou dois hectares (20 mil metros quadrados) de mamona", afirmou. A planta, que em algumas regiões é considerada uma praga, não atrapalha a produção de alimentos porque usa apenas 10% da área total do lote, segundo Rainha Júnior. Algumas áreas, até mesmo a terra que ele mantém com o irmão Bertoldo Rainha no Assentamento Antônio Conselheiro, estão em fase de colheita. "Como não temos estrutura para extrair o óleo, vendemos a produção." A mamona em caroço foi entregue à empresa Biobrás, de Dom Aquino (MT), que tem uma unidade em Campinas, no interior paulista.

De acordo com Rainha Júnior, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende ir à região para conhecer o programa. A visita, inicialmente agendada para quinta-feira, ainda depende de confirmação. "A definição, talvez, saia amanhã." Segundo o líder, Lula fará o lançamento oficial do projeto do biodiesel no Pontal e deve entregar uma fazenda desapropriada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) para o assento de famílias acampadas na região. O presidente deve ainda visitar um lote com plantação de mamona e moradia financiadas pela administração federal. Se confirmada a visita, Lula será recebido no Assentamento Dona Carmen, em Mirante do Paranapanema (SP).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG