O governo concedeu hoje crédito extraordinário de R$ 18,191 bilhões para beneficiar, principalmente, obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Segundo o Ministério do Planejamento, não se trata, ainda, de recursos para o que o governo vem chamando de PAC 2, uma ampliação do programa a ser fechado no início do próximo ano.

Dos R$ 18,2 bilhões previstos, R$ 8,934 bilhões são oriundos de remanejamento de recursos já previstos. O restante, segundo o ministério, são verbas novas. A liberação do dinheiro consta da Medida Provisória 477, publicada hoje em edição extra do Diário Oficial da União.

Nos anexos da MP estão detalhados os destinos dos recursos, que vão de obras de saneamento básico a investimentos em logística, como manutenção de rodovias federais.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.