Governo concede anistia a ex-presidente João Goulart

SÃO PAULO - A luta de mais de 10 anos da família Goulart pela indenização do tempo em que o ex-presidente João Goulart ficou exilado chegou ao fim. Após 32 anos da morte do petebista, o governo concedeu a ele nesta quarta-feira status de anistiado político, em decisão publicada no Diário Oficial da União e assinada pelo ministro da Justiça, Tarso Genro.

Agência Estado |

De acordo com a decisão, a viúva de Jango receberá da União uma indenização mensal de R$ 5.425, além do pagamento de retroativos referentes ao período de setembro de 1999 a novembro de 2008 - que somam R$ 643.947,50. É a primeira vez que um ex-presidente é anistiado no País.

João Goulart foi presidente da República entre setembro de 1961 e março de 1964, quando foi deflagrado o golpe militar. O petebista foi retirado do governo e seguiu para o exílio no Uruguai e na Argentina, onde morreu aos 57 anos, vítima de um enfarte.

Leia mais sobre: João Goulart

    Leia tudo sobre: joão goulart

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG