Governo bloqueia quase 1 milhão de benefícios do Bolsa Família

SÃO PAULO - Pouco mais de 975 mil beneficiários do Programa Bolsa Família que estão há mais de dois anos sem atualizar dados no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) tiveram o benefício bloqueado no mês de novembro. A medida foi anunciada nesta quarta-feira.

iG São Paulo |

De acordo com o governo, essa é a segunda fase de um programa de recadastramento dos beneficiários. Na primeira etapa, em fevereiro deste ano, o ministério do Desenvolvimento Social convocou os municípios para atualizar o cadastro de 3,4 milhões de beneficiários. Destes, mais de 2,2 milhões foram atualizados. Para que as famílias não tivessem o benefício bloqueado, o município teve até 31 de outubro para realizar o processo de revisão cadastral. 

As famílias que ainda estavam com as informações desatualizadas até 31 de outubro, tiveram o benefício bloqueado em novembro e receberão mensagem no extrato de saque para saber o motivo do bloqueio. De acordo com o governo, só será possível desbloquear o benefício por meio da atualização cadastral.

O ministério informa que se o benefício da família está bloqueado pelo motivo encerramento do prazo para Revisão Cadastral, ao atualizar os dados no CadÚnico, o benefício será desbloqueado automaticamente em até quatro dias, caso a família ainda atenda aos critérios do Programa.

Leia mais sobre: Bolsa Família

    Leia tudo sobre: bolsa família

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG