Policiais vão garantir segurança de defensores dos direitos humanos que, em função da militância, correm risco de morte

Portaria do Ministério da Justiça, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (13) autoriza o envio de tropas da Força Nacional de Segurança Pública aos estados do Pará e do Amazonas. A portaria foi assinada pelo ministro José Eduardo Cardozo, na última sexta-feira (10).

Saiba mais: Pará corre o risco de ter mais um líder comunitário assassinado

Ameaças: Advogado da Pastoral da Terra diz como é trabalhar ameaçado de morte

A autorização atende a pedido feito no início de janeiro pela Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos da Presidência da República. O s policiais serão encarregados de garantir a segurança de defensores dos direitos humanos dos dois Estados que, em função de sua militância, correm risco de morte ou estão vulneráveis.

O número de policiais disponibilizados pelo Ministério da Justiça obedecerá ao planejamento definido pelos entes envolvidos na operação, coordenada pela Secretaria de Direitos Humanos. O prazo previsto para atuação da força nos dois Estados será de 30 (trinta) dias, que poderão ser prorrogados se necessário.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.