BRASÍLIA - O presidente Lula determinou nesta segunda-feira, durante reunião da coordenação política do governo, que os ministros Tarso Genro (Justiça) e José Múcio (Relações Institucionais) coordenem a articulação com o Congresso para que os parlamentares aprovem o projeto de lei que trata dos grampos telefônicos. A matéria propõe um maior controle sobre as escutas telefônicas.

O presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN) e o presidente da Câmara, Arlindo Chingalia (PT-SP), serão procurados pelos ministros para que incluam a votação desse projeto entre as prioridades do segundo semestre. Atualmente, os parlamentares estão em recesso de suas atividades no Congresso. As votações só devem ser retomadas na próxima semana.

Leia reportagem completa no Congresso em Foco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.