Governo anuncia R$ 5,1 bilhões a mais para ministérios

O governo anunciou hoje que vai ampliar os gastos dos ministérios em mais R$ 5,1 bilhões este ano. O aumento das despesas resultou da revisão da estimativa das receitas para 2008 realizadas pelas pastas da Fazenda e do Planejamento.

Agência Estado |

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda vai definir, em decreto a ser publicado nos próximos dias, onde serão aplicados os recursos liberados, mas a idéia do governo é reforçar as dotações do Ministério da Saúde, do Ministério da Defesa e de alguns projetos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), segundo fontes da área econômica.

De acordo com as novas projeções dos Ministério da Fazenda e do Planejamento, a receita total da União este ano - inclui a arrecadação do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) - atingirá R$ 723,7 bilhões, o que representa um acréscimo de R$ 36,1 bilhões em relação à previsão que consta da lei orçamentária. O relatório com as novas estimativas de receitas e despesas relativas ao quarto bimestre deste ano foi encaminhado ao Congresso Nacional, na sexta-feira.

A previsão para este ano da arrecadação dos tributos diretamente administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) subiu R$ 7,1 bilhões em relação à projeção da área econômica feita em julho, atingindo R$ 470,1 bilhões ou 16,3% do Produto Interno Bruto (PIB). Nesse montante, não está incluída a arrecadação do INSS, que também é administrada pela RFB. A previsão da lei orçamentária é de R$ 444 bilhões ou 15,75% do PIB.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG