Governo anistia e vai indenizar Vladimir Poleto, ex-assessor de Palocci

BRASÍLIA - Vladimir Poleto, ex-assessor de Antonio Palocci na prefeitura de Ribeirão Preto nos anos de 1990, foi anistiado nesta quinta-feira e vai receber indenização do governo federal por ter sofrido perseguição política durante a ditadura militar (1964-85). Ele teve seus processos julgados pela Comissão de Anistia, do Ministério da Justiça.

Lucas Ferraz e Rodrigo Haidar, iG Brasília |


Na ação, o governo também concedeu anistia a Luis Toffoli. Mais cedo, a reportagem do iG publicou erradamente que ele seria pai do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) José Antonio Dias Toffoli. A assessoria do ministro, no entanto, informou que se trata de um homônimo.

Ex-assessor de Palocci, Poleto foi um dos personagens principais do episódio que culminou na queda do então todo-poderoso ministro da Fazenda, em 2006.

Ele foi apontado como o responsável por alugar uma mansão no Lago Sul, área nobre de Brasília, que serviria para receber lobistas e festas com garotas de programas. O caseiro Francenildo Costa, que trabalhava no local, acusou Palocci de frequentar o lugar e teve seu sigilo bancário invadido.

Por decisão unânime da Comissão de Anistia, Vladimir Poleto, 53 anos, terá direito a indenização de R$ 13.950 - o equivalente a 30 salários mínimos.

Ele alega ter sido perseguido no Banco do Brasil, onde trabalhou nos anos 80 no ABC paulista. Segundo seu processo, protocolado na comissão em 2002, por causa de uma greve em 1984, Vladimir Poleto teve sua promoção impedida por ordem vinda do SNI (Serviço Nacional de Informações), órgão de inteligência da ditadura. Dois anos depois ele pediu demissão do banco.

No pedido, Poleto solicitava pensão mensal continuada e permanente, o que foi rejeitado pelo relator do caso, conselheiro Egmar José de Oliveira.

A reportagem do IG ainda não conseguiu confirmar o valor da indenização que será concedida a Luis Toffoli.

Leia mais sobre: anistia - indenização

    Leia tudo sobre: indenização

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG