BRASÍLIA - O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) prorrogou o prazo para que os beneficiários do programa Bolsa Família atualizem seus dados cadastrais. Agora, a data limite para a revisão das informações do Cadastro Único ¿ que é a base de dados do programa ¿ é 31 de outubro.

Segundo o MDS, o prazo foi ampliado devido a problemas operacionais no processamento do cadastro e por causa das situações de emergência ou de calamidade de alguns municípios. Dos 3,4 milhões de famílias beneficiadas que precisam passar pela revisão, apenas 1,618 milhão tiveram seus cadastros atualizados pelas prefeituras, entre fevereiro e agosto.

Após esse prazo, a família que não tiver seus dados atualizados terá o benefício bloqueado. Isso representa uma segunda chance para quem ainda não tiver alterado as informações no cadastro, diz a nota divulgada hoje (31) pelo MDS.

Para desbloquear os benefícios, basta que a família procure a prefeitura e solicite a atualização dos dados. A partir de janeiro de 2010, o benefício que continuar bloqueado por falta de revisão cadastral será cancelado.

Com essa iniciativa, o MDS pretende garantir que atualização das informações das famílias cadastradas seja feita a cada dois anos.

O Bolsa Família transfere mensalmente mais de R$ 1 bilhão para a população com renda per capita de até R$ 140.

Leia mais sobre: Bolsa Família

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.