BRASÍLIA - Governadores de nove Estados que formam a Amazônia Legal se reúnem nesta sexta-feira em Boa Vista, capital de Roraima, para tratar de ações e financiamentos de programas que viabilizem o desenvolvimento da região.

Os governadores querem garantir a execução do Orçamento Geral da União, que prevê R$ 750 milhões para a regularização de terras e a elaboração do zoneamento ecológico e econômico, responsável pela delimitação de áreas para preservação e para atividades econômicas.

As questões fundiária e ambiental também serão tratadas no Fórum de Governadores da Amazônia Legal pelo ministro de Assuntos Estratégicos, Mangueira Unger. Ele vai fazer uma apresentação sobre o andamento do Plano Amazônia Sustentável e anunciar projetos para desenvolver o extrativismo, incentivar a aviação regional, o uso de hidrovias e estradas vicinais na região.

Mangabeira quer também que as áreas degradadas do Cerrado existentes na Amazônia sejam aproveitadas para ampliar a produção agrícola sem a necessidade de fazer novos desmatamentos.

Ao final do encontro os governadores lerão a Carta de Boa Vista, relato dos acordos firmados e das reivindicações apresentadas durante o encontro.

Leia mais sobre: Amazônia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.