Governador Serra visita jovens baleadas em Santo André

São PAULO - O governador de São Paulo, José Serra, foi ao Centro Hospitalar Santo André, no ABC paulista, na madrugada deste sábado. Serra decidiu acompanhar o quadro médico das duas jovens baleadas após a prisão de Lindemberg Alves, 22 anos, que manteve as adolescentes Eloá Cristina Pimentel e Nayara Silva reféns por quatro dias.

Redação |

José Serra, que ficou cerca de 50 minutos no hospital, disse que foi ao local prestar solidariedade e conversar com as duas jovens. "Vim prestar solidariedade. Falar com elas e com os familiares. Trazer um consolo e desejar boa sorte", disse o governador.

Serra conversou rapidamente com Nayara, o governador comentou que a adolescente aparentava uma boa recuperação. "Ela disse que voltou ao apartamento por amizade, uma grande amizade com Eloá".

Antes de deixar o hospital, Serra elogiou a postura do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), responsável pelas negociações e pela operação de invasão do apartamento. "O Gate opera com esse tipo situação. Esse é o papel dele. Mas tudo será investigado. Uma reconstituição será feita na próxima semana", afirmou o governador.

Leia também:

    Leia tudo sobre: santo andréserra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG