Governador do Rio ultrapassou pontos na CNH, mas não perdeu carteira

RIO DE JANEIRO ¿ O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, ultrapassou o número de pontos permitidos em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em 2007, mas o documento não foi cassado até hoje.

Redação |

Celina Germer/Divulgação
Governador Sérgio Cabral
Governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral

Desde outubro de 2005, o governador acumulou 69 pontos na CNH.

No último ano, o governador teria levado nove multas, cometidas em intervalo inferior a 12 meses, somando 34 pontos. E, em sete das nove, não caberia mais recurso administrativo.

Entre as infrações cometidas, estariam: trafegar em velocidade superior à permitida, fazer retorno em locais proibidos, passar no sinal vermelho e transpor bloqueio rodoviário sem autorização.

Em nota oficial, o gabinete do governador afirmou que o carro mencionado nunca foi dirigido pelo governador no período citado. Segundo Sérgio Cabral, o veículo era conduzido por mais de um motorista, em sistema de revezamento, para atender às demandas de sua residência. A nota diz ainda que o governador desconhecia, até então, tais fatos e vai solicitar que os motoristas infratores informem ao Detran as suas responsabilidades quanto às irregularidades listadas.

Porém, Sérgio Cabral não comentou o fato de sua carteira nacional de habilitação não ter sido cassada.

De acordo com a lei, os motoristas que atingem 20 pontos na carteira em 12 meses perdem o direito de dirigir.

Leia mais sobre: infrações de trânsito

    Leia tudo sobre: cnh

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG