Governador do Paraná e mais 26 pessoas ficam feridas em desabamento de palco

CUTIRIBA - O palanque em que o governador do Paraná, Roberto Requião (PMDB), fazia um discurso desabou, por volta das 11h desta quinta-feira, deixando o governador e mais 26 pessoas feridas, sem gravidade, no município de Paiçandu, no norte do Paraná.

Redação |

Divulgação
Voluntários ajudam feridos no desabamento
A príncipio, a assessoria de imprensa do governo, informou que oito pessoas haviam se ferido, mas corrigiu o número para 27. O governador Requião teve apenas uma luxação no pé esquerdo, passa bem, mas preferiu cancelar a agenda de compromissos programada para esta tarde, na cidade de Londrina.

O governo afirma que todos as vítimas tiveram apenas escoriações e cortes superficiais e foram encaminhadas ao Hospital Municipal de Paiçandu. Apenas o secretário do Planejamento, Ênio Verri, foi levado à Maringá para a realização de exames, pois se queixava de fortes dores na perna. Conforme o órgão, não houve fratura e foi constatado que ele sofreu uma luxação. Entre os feridos, estão também os deputados estaduais Nereu Moura e Odílio Balbinoti.

Divulgação
Queda de viga pode ter causado acidente
O governador Requião estava na cidade participando de uma cerimônia  de entrega de 69 ônibus escolares para 29 municípios que compõem a Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep).

Segundo o Corpo de Bombeiros, o palco estava lotado no momento da queda, mas, de acordo com o governo, não havia número excessivo de pessoas. "Estamos aguardando a perícia criminalística, mas, em primeira avaliação, uma viga de aço cedeu e o palco desabou, afirmou o secretário da Casa Militar, coronel Washington Alves da Rosa.

Leia mais sobre: desabamento

    Leia tudo sobre: desabamentogovernadorparaná

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG