Governador de Rondônia permanece no cargo até decisão ser confirmada

O governador de Rondônia, Ivo Cassol, teve seu pedido atendido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e vai permanecer no cargo até que a decisão sobre a cassação do seu mandato seja publicada no Diário de Justiça, ou até que um eventual recurso seja julgado, segundo o TSE.

Redação |

Acordo Ortográfico

O governador de Rondônia e seu vice, João Aparecido Cahulla, são acusados de captação ilícita de votos e abuso de poder nas eleições de 2006 e por isso foram cassados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia (TRE-RO).

Cassol diz que seu afastamento nesse momento traria prejuízo irreparável e geraria insegurança à população.

O ministro do TSE, Arnaldo Versiani, disse que o afastamento de mandatários de cargos eletivos - especialmente do Poder Executivo - deve aguardar a publicação da decisão.

Leia mais sobre: Ivo Cassol - cassação

    Leia tudo sobre: cassaçãoivo cassol

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG