Gordura subcutânea da barriga não faz mal à saúde, diz pesquisa

Pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) mostra que a gordura subcutânea da barriga, que fica abaixo da pele, não faz mal à saúde. De acordo com o estudo, essa gordura não tem efeito sobre o metabolismo de mulheres que passaram por cirurgia plástica na barriga.

Agência Estado |

As participantes da pesquisa foram mulheres obesas que passaram por cirurgia de redução do estômago (bariátrica). Vyvianne Azoubel Roizenblat, responsável pela tese de doutorado, diz que "pesquisas anteriores mostraram que a cirurgia plástica causa uma melhora no metabolismo, outras que há uma piora. Concluí que não há alteração no metabolismo dessas pacientes."

Muitas mulheres se submetem à cirurgia plástica depois de realizar uma cirurgia de redução de estômago, já que boa parte delas fica com uma sobra de pele na barriga e optam por remover esse excesso. Vyvianne mediu a sensibilidade à insulina nessas mulheres antes e depois da plástica abdominal. "Essa cirurgia tem muita procura pelas mulheres que fazem cirurgia bariátrica e aumenta a qualidade de vida e a saúde dessas mulheres. Não posso afirmar que há uma melhora no metabolismo, mas posso dizer que não fará mal a elas", explica. As informações são da Agência USP de Notícias.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG