Gordon Brown escreve livro sobre ser britânico

Por Patrizio Nissirio, Londres, 11 Ago (ANSA) - Os compromissos não lhes faltam: da crise econômica aos problemas da sua liderança no partido trabalhista, até as pesquisas que mostram os Conservadores em alta. Mesmo com a agenda cheia, o primeiro-ministro britânico Gordon Brown está dedicando grandes energias a um outro projeto: um livro sobre a britanicidade.

Agência Ansa |

Com previsão de chegar às livrarias em fevereiro, a obra de Brown reúne opiniões e debate o tema com ilustres compatriotas. Trata-se do terceiro livro em quatro anos, segundo informações da editora de Brown. O volume deve trazer também uma contribuição de JK Rowling, a criadora de Harry Potter. 

Bill Campbell, fundador da Mainstream Publishing de Edimburgo, da qual Brown foi o diretor, anunciou o lançamento. "Foi uma idéia de Gordon, que deu uma substancial contribuição pessoal. Aproximou-se de diversos arcebispos e outros líderes religiosos para ouvir suas opiniões. Teve contato também com os escritores Ian Rankun e JK Rowling, além de Sir George Martin, o ex-produtor dos Beatles. Desta forma, o livro pretende refletir a diversidade do que significa ser britânico hoje".

A publicação será revisada por Matthew D'Ancona, diretor da revista conservadora Spectator. O livro corrobora a visão de Brown, que desde antes de se tornar primeiro-ministro enfatiza a promoção dos valores nacionais britânicos, contrariando qualquer posição separatista. 

O político-escritor costuma repetir que antes de 1707 (ano da instituição do Reino Unido), somente 3% dos escoceses tinham parentes ingleses, e havia pouquíssimos contrastes entre eles. "Hoje é incrível que 50% dos escoceses tenham parentes próximos na Inglaterra. Assim, parece estranho que existam pessoas que gostariam de uma divisão, quando existe uma ligação familiar desta dimensão com a Inglaterra", defendeu o primeiro-ministro.

Para Brown, "o que se unem são os valores de liberdade, democracia, a necessidade de coesão social e o empenho das pessoas de trabalharem juntas de maneira cooperativa".

Gordon Brown escreveu também as obras "Courage: eight portraits" (Coragem: Oito retratos) e "Britain's everyday heroes" (Os heróis britânicos de todos os dias). (ANSA)

    Leia tudo sobre: literatura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG